Indo…

…estamos.

Já estou com quase 30 semanas. No momento não tem sido mais tão fácil. Aliás, está cada vez mais difícil. Hoje é apenas segunda-feira e já me sinto como se fosse sexta às 8 da noite. Conto os dias até que eu complete outra semana de gestação para que Isabel já possa nascer.

Ainda não sei se será parto natural ou cesariana. Aqui é mais comum fazer natural com anestesia epidural. Também não sei se Isabel já encaixou a cabecinha no nascedouro, devo saber na semana que vem. Acho, porém, que ela já está bem grande, pois tudo o que como me enche muito, tenho pouco espaço no estômago, e respiro cada vez pior. Mas tento sempre ver as coisas de forma um pouco mais positiva, pois não sinto muita coisa de que as mulheres reclamam.

Fiz um sling para mim e outro para uma amiga que acabou de ter um menino. Foi um sling-bolsa ou pouch sling. Ficou bonito, mas vamos ver se me ajeito a usá-lo.

Também já organizei o patchwork para fazer um edredon para Isabel. Espero me sentir mais bem disposta para fazê-lo, pois quando começo a costurar me esqueço de todo mal-estar.

Devo fazer um padrão muito simples, o Allie’s Cats, que peguei num site especializado em quilting e outros artesanatos, mas não vou usar tecido com gatinhos e sim tons de rosa: branco, rosa bebê liso, flores pequenas, flores maiores e um tecido de chita de alcobaça em tom de rosa também. No forro será uma flanela com estampado pequeno também rosado. Para fazer o quilt, vou usar uma linha de algodão num rosa mais forte, parecido com o pêssego, para ficar destacado do resto. Vamos ver como vai ficar.

Em breve coloco a foto do sling e, espero, do edredon da minha florzinha.

Sobre Monica Carvalho
Pelos motores de busca e por um comentário há tempos aqui no meu blog, imagino a quantidade de figuras que acham que o Nina e eu é o blog da modelo que posou nua na revista. Que desilusão ao perceber que a homônima aqui escreve muito sobre cinema, músicas estranhas, política e comunicação social, quando não escreve uns contos ou umas poesias. Aqui, caro leitor, não tem bundinha de fora, nem peitinho à mostra, nem pelos púbicos ou partes depiladas. Mas às vezes, acabo comentando acerca de umas safadezas que acontecem nesse nosso mundo doido de pedra. Algumas delas são mais indecentes que qualquer imagem de revista masculina. Ai, ai, mundo cruel, sobretudo para os internautas necessitados que na busca de uma fotinho pra aliviar as entranhas, têm que tocar o bicho com meus comentários sobre política internacional ou ao som do Tom Zé.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: