Preferências da Isabel

Isabel é pequena, mas já tem suas preferências. Quando estou em Coimbra, nos fins de semana e feriados, costumo colocar a pequena para ver televisão, em particular o Baby First TV e o Canal Panda. Ambos têm uma programação super interessante para as crianças, mas o Baby First é o melhor, apesar de ainda não ter um site português.

Dos dois dou uma pequena amostra do que Isabel presta atenção.

No Baby First há o Cuco, que, na versão original, chama-se Peekaboo, I See You! Aqui em Portugal, portanto, em vez de o bonequinho dizer “Peekabooooo”, ele diz “Cucooo”. É uma fofura!

O Baby TV tem uma programação toda politicamente correta, de acordo com o objetivo da animação ou da atividade proposta. Para cada programa há sempre uma florzinha colorida que indica, por exemplo, se é algo que vai estimular a imaginação, os sentidos, o pensamento lógico e assim por diante. O Peekaboo estimula o sentidos, assim como o Hopla, outro preferido da Isabel.

O Canal Panda sou eu que curto mais do que a Isabel. Há coisas muito bonitinhas como Harry e o balde dos dinossauros e Irmãos Koala, que é tão fofo, mas tão fofo, que mesmo sendo adiantado para Isabel, ela fica encantada com os bonecos.

Ah, que não se pense que eu resolvi fazer da TV uma babá eletrônica, tal como fizeram as mães dos pequenos da minha geração. Eu costumo ver os programas com Isabel e reparo no que lhe chama a atenção. É certo que eu adoro animação, assim como música e é bem provável que Isabel venha a gostar também por influência minha. Ainda assim, é bom lembrar, eu aprendi a ler sozinha vendo Vila Sésamo na TV aos 4, 5 anos de idade. Minha mãe só percebeu um tempo depois.

Sobre Monica Carvalho
Pelos motores de busca e por um comentário há tempos aqui no meu blog, imagino a quantidade de figuras que acham que o Nina e eu é o blog da modelo que posou nua na revista. Que desilusão ao perceber que a homônima aqui escreve muito sobre cinema, músicas estranhas, política e comunicação social, quando não escreve uns contos ou umas poesias. Aqui, caro leitor, não tem bundinha de fora, nem peitinho à mostra, nem pelos púbicos ou partes depiladas. Mas às vezes, acabo comentando acerca de umas safadezas que acontecem nesse nosso mundo doido de pedra. Algumas delas são mais indecentes que qualquer imagem de revista masculina. Ai, ai, mundo cruel, sobretudo para os internautas necessitados que na busca de uma fotinho pra aliviar as entranhas, têm que tocar o bicho com meus comentários sobre política internacional ou ao som do Tom Zé.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: